terça-feira, 27 de novembro de 2007

Sorriso. cap. 1

Um sorriso repleto de enigmas.
assim ele se mostra,
(ou deixa de mostrar)
completamente consciente.

E esse sorriso voa como um pássaro liberto.
trancende os limites da Visão,
consegue aparecer e desaparecer.

Ela também alterna sentimentos
de pura felicidade e de expectativa
nesse show que torce para não ter fim.

Sua vontade real é seguir com o sorriso
e aprender a buscar a imensidão e o infinito.

Um comentário:

van* disse...

sempre as expextativas...
hoje, quando as tenho, derrubo rapidamente,
ates delas me derrubarem outra vez.

vou com calma,
vai com calma minha querida.

não, meu conselho não se sustenta...
não vá com calma,
corra, atire-se na imensidão e busque o infinito...
Nossos olhinhos andam agoniados,
tem sede e fome de tudo.
e se cair?
bom... se cair levanta.

e medo?
me dê um abraço, pq eu ainda sinto medo.