quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Acordo(ando)-te [fragmento2]

(...)
Caminhemos para a abertura total de fronteiras e
o transbordamento completo de sensações.

Eu não acredito mais no real.
Não com alguém como tu me fazendo flutuar em meio ao léu.
Estou jogada nas tuas ilusões,
e me parece que é recíproco.

Você estava lá,
aquele dia e seguidamente.
Sempre emanando um brilho verde,
um verde que não parecia chamar-me atenção,
mas está aqui,
até hoje nas minhas lembranças.

E quão surpreendente são as lembranças não?
Ainda enxergo no fundo da minha íris
um olhar seu,
um olhar de cumplicidade.

Não sei se fui só eu,
mas ali eu tremi ligeiramente.

3 comentários:

lalai disse...

"n'outras palavras sou muito romântico"... lindo.

lalai disse...

aah! saquei... ;D hahaha!

lalai disse...

tsc. arrasada. :(